Contemplados do Minha Casa Minha Vida Denunciam Fraude

O Minha Casa Minha Vida, até o momento, contratou 4,3 milhões de unidades habitacionais desde a sua criação, entregando mais de 2 milhões de imóveis para famílias de todo o país, segundo dados do Governo Federal. Em todos os estados do Brasil o programa está atuando, mas em algumas localidades as famílias contempladas estão com problemas para receber os imóveis.

Como Funciona o Minha Casa Minha Vida

Segundo os critérios do programa, podem se cadastrar brasileiros que sejam maiores de 18 anos ou emancipados, que não possuam imóveis próprios e que não tenham participado de outros programas habitacionais.

A prioridade no sorteio dos imóveis é para pessoas da faixa I, com a renda de até R$1.800,00 por mês que sejam famílias moradoras de áreas de risco, pessoas com deficiência física, mulheres responsáveis pelo sustento da família.

Inscrição Minha Casa Minha Vida

Inscrição Minha Casa Minha Vida

A seleção é feita através de um sorteio público, seguindo os critérios estabelecidos pelos governos Federal e Municipal. As famílias selecionadas são avisadas quando e onde ele ocorrerá. O financiamento tem como garantia o próprio imóvel e depois da assinatura do contrato a família tem até 30 dias para se mudar na nova casa.

Denúncias contra o Minha Casa Minha Vida

Algumas pessoas que foram contempladas pelo programa denunciam que o seu imóvel foi invadido. Em relatos veiculados em jornais, um homem alega que a esposa foi sorteada pelo Minha Casa Minha Vida e que compareceu à Caixa Econômica Federal para assinatura do contrato.

Em seguida, ela se dirigiu à Secretaria de Habitação (Sehab), responsável pelos imóveis em Camaçari região metropolitana de Salvador, para receber as chaves. Contudo, quando ela e outras 20 pessoas contempladas chegaram à Sehab foram informadas que as chaves não estavam na secretaria e que os apartamentos já estavam habitados.

Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida. Imagem:Divulgação

As pessoas contempladas prestaram ocorrência na delegacia. Agora, as famílias aguardam o contato da secretaria de habitação para averiguação do que aconteceu, já que as famílias que supostamente invadiram os imóveis receberam as chaves e também assinaram contratos.

Casos de Invasão de imóveis do Minha Casa Minha Vida

Outros casos de invasão foram relatados em estados como o Rio de Janeiro (RJ). Imóveis em processo de entrega foram invadidos por pessoas que não foram contempladas. Nesse caso a família prejudicada deve procurar a secretaria de habitação responsável e prestar uma queixa na delegacia mais próxima.

As pessoas que já se cadastraram devem sempre atualizar as suas informações para facilitar o facilitar o contato.

 

 

Recomendados para você: