1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Inscrição PE, Minha Casa Minha Vida 2016

Inscrição PE, Minha Casa Minha Vida 2016

Quem tem o sonho de sair do aluguel sabe o quanto é difícil transformá-lo em realidade. Isso porque dificilmente os financiamentos são acessíveis a renda da maior parte do público, seja por excesso de burocracia ou pela necessidade de comprometer uma parcela significativa do orçamento doméstico por um longo tempo.

Minha-Casa-Minha-Vida Juazeiro do Norte

Inscrição PE, Minha Casa Minha Vida 2016 (Foto: Divulgação)

Por sorte, o Programa Minha Casa Minha Vida veio para mudar a realidade de muita gente que deseja a segurança de uma casa própria. E se você mora em Pernambuco, você também pode ter a oportunidade de conseguir uma dessas chances. Saiba tudo sobre o assunto e descubra se você pode ser um dos beneficiados:

Como funciona o Minha Casa Minha Vida?

Criado pelo Governo Federal e gerenciado pela Caixa Econômica Federal, o Minha Casa Minha Vida é um programa que atua com parceria de estados, municípios, empresas e entidades e que oferecem financiamento da casa própria atendendo a famílias com renda bruta familiar de no máximo R$ 5.000.

O interessado pode adquirir uma casa popular ou optar por imóvel próprio, construção ou diretamente na planta. Tudo vai depender da renda familiar do interessado, assim como o processo de inscrição.

Para interessados com renda familiar bruta de até R$ 1.600

Minha-casa-minha-vida-PE

Inscrição PE, Minha Casa Minha Vida 2016 (Foto: Divulgação)

Quem está nessa faixa de renda pode obter o financiamento para uma casa popular. Para tanto ele precisa preencher os seguintes requisitos

  • Ser brasileiro nato ou possuir visto brasileiro permanente.
  • Não possuir outro imóvel em seu nome.

Nessas condições, o imóvel é parcelado em até 120 vezes, sendo que as parcelas tem o valor de 5% da renda familiar bruta declarada no cadastro. O contrato é feito preferencialmente no nome da mulher e a garantia do financiamento é a alienação fiduciária, que é a retomada da casa pela Caixa Econômica Federal em caso de inadimplência.

As inscrições são feitas através da Secretaria de Habitação do município onde o interessado mora ou do estado, no caso Pernambuco. Então é preciso que os interessados entrem em contato com os respectivos órgãos para ter mais informações sobre datas e documentos necessários. Após o cadastro inicial, o aval sobre se o interessado se enquadra cabe a Caixa Econômica. Em caso positivo, ele receberá correspondência ou contato telefônico para informações sobre sorteios e andamento do cadastro.

Para interessados com renda familiar bruta de até R$ 5.000

MCMV

Inscrição PE, Minha Casa Minha Vida 2016 (Foto: Divulgação)

Quem tem a renda familiar bruta entre R$ 1.600 até R$ 5.000 pode optar entre o financiamento de um imóvel pronto, a construção de um imóvel ou sua aquisição na planta. Para tanto, é preciso seguir os mesmos parâmetros para concorrer:

  • Ser brasileiro nato ou possuir visto brasileiro permanente.
  • Não possuir outro imóvel em seu nome.

Neste financiamento o prazo máximo para completar o pagamento é de 30 anos, sendo que as parcelas equivalem a no máximo 30% da renda familiar bruta declarada e comprovada na inscrição. A garantia é a alienação fiduciária.

Os interessados nessa modalidade de financiamento não precisam recorrer a órgãos públicos ou passar por sorteios. Basta entrar em contato com a Caixa Econômica e verificar quais os documentos requisitados para a análise, e, em seguida, levar os dados para a agência mais próxima.

Boa sorte!

Recomendados para você:

3 Comentários

  1. jewerton disse:

    quero participar

  2. gostaria de saber como pode se escrever

  3. Suelen disse:

    Gostaria de saber eu sou de maceio estou vindo morar aqui em pernambuco eu posso participar do minha casa minha vida?

Comente (será moderado)