1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Minha Casa Minha Vida – Novas Regras para 2016

O Minha Casa Minha Vida é um programa habitacional do Governo Federal criado para ajudar famílias de baixa renda a adquirirem a casa própria. O programa pode ser feito por famílias com renda de até cinco salários mínimos e o foco é a habitação popular.

A Caixa Econômica Federal organiza o evento, realiza o financiamento e fecha os contratos. Em 2016 tem a terceira fase do programa e quando ele foi anunciado vieram novas mudanças.

Aqui você vai conferir quais eram essas mudanças e o que mais aconteceu após a saída da presidente Dilma e a entrada do seu vice-presidente Michel Temer.

Moradias Minha Casa Minha Vida 3ª etapa

No final de março foi anunciado o início da terceira fase do Minha Casa Minha Vida e com isso as novas mudanças. A nova etapa estava com a meta de entregar 2 milhões de casas até o final de 2018, investindo cerca de R$210 bilhões, sendo que a maior parte viria através do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, mais conhecido como FGTS.

Minha Casa Minha vida

Minha Casa Minha vida

Veja as Mudanças Prometidas para a 3ª fase

Na cerimônia de lançamento também foi lançado o Sistema Nacional de Cadastro Habitacional onde os cidadãos poderiam consultar a sua inscrição no programa e ver o andamento do processo de seleção das famílias. Outra mudança para o programa era a adição de uma faixa intermediária de financiamento, chamada de 1,5 que beneficiaria famílias com renda de até R$2.350, com juros de 5% ao ano. Além disso, as faixas já existentes de financiamento tinham sido reajustadas.

O que Mudou com a chegada de Michel Temer

O novo governo comandado por Michel Temer tirou todas as esperanças de famílias que estavam esperando pelo Minha Casa Minha Vida quando cancelou a terceira fase do programa e todas as mudanças previstas.

Novas metas serão estabelecidas para o programa depois de uma análise de todas as contas públicas feita pela nova equipe econômica do governo. Essa avaliação poderá durar uns 40 dias e só depois serão anunciadas as novas mudanças.

Esse cancelamento foi necessário para identificar os reais limites do programa para gerar metas que sejam de fato realistas para todas as famílias brasileiras. Todas as novidades propostas pela presidente Dilma Rousseff serão reavaliadas, inclusive a criação da nova faixa intermediária.

Conheça os Benefícios do Minha Casa Minha Vida

As duas últimas edições do Minha Casa Minha Vida beneficiaram muitas famílias graças aos seus benefícios. A parceria com a Caixa Econômica Federal permite que o programa entregue os melhores preços do mercado, com quase nada de juros e ainda muito tempo para pagar.

As famílias ainda podem negociar o preço com as empresas no Feirão da Caixa e saírem de lá com um contrato muito melhor que esperavam. Sempre são dados em torno de 30 anos para quitar a dívida, além de descontos.

O Minha Casa Minha Vida realiza o sonho de muitas famílias que não tem uma casa própria e depois de passar pela reavaliação continuará realizando sonhos.

Inscrição Minha Casa Minha Vida 2016

Inscrição Minha Casa Minha Vida 2016 (Foto: Divulgação)

Veja como Participar do Minha Casa Minha Vida

Você pode participar do programa indo até a prefeitura de sua cidade com todos seus documentos em mãos, assim como extratos do banco, Imposto de Renda, entre outros. Todas as informações é possível encontrar no site oficial da Caixa: http://www.caixa.gov.br/voce/habitacao/minha-casa-minha-vida/Paginas/default.aspx. Nesse portal é possível ver os requisitos, benefícios e todos os documentos necessários para prosseguir com a inscrição.

 

Recomendados para você: