PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

Os estudantes que estão buscando uma nova maneira de entrar na faculdade privada devem conhecer imediatamente o PEP. Ele é uma alternativa diferente, mas com ótimos benefícios, para quem deseja ingressar no ensino privado e gastar pouco com isso.

Muitas pessoas chegam a confundi-lo com o FIES, mas ambos possuem diferenças enormes e você poderá conferir logo a seguir. Se ficou curioso, não deixe de continuar lendo.

Saiba mais Informações, acesse: Minha Casa Minha Vida Belém 2016 e 2017

PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

PEP – O que é Isso?

O Parcelamento Estudantil Privado é o único parcelamento pré-aprovado para os estudantes que estão entrando no ensino superior. Ele é uma iniciativa do maior grupo de educação do mundo, formado por 8 universidades, cujo objetivo é facilitar a entrada no ensino superior privado e realizar o sonho de muitas pessoas.

Com o PEP a mensalidade do seu curso fica menor e você pode pagar até 70% do curso depois de já estar formado. Ele é um processo simplificado e totalmente rápido, feito diretamente pela universidade.

Saiba mais Informações, acesse: Como Financiar uma Casa pelo Minha Casa Minha Vida ?

PEP – Quais são as Faculdades Participantes

O PEP foi criado por 8 universidades, mas atualmente apenas 6 oferecem o parcelamento. Você pode aderir ao PEP realizando o vestibular de qualquer uma delas ou levando a sua nota do ENEM. As faculdades que oferecem o PEP são a Anhanguera, a Pitágoras, a UNIDERP, a Fama, a UNIME e a UNIC.

PEP – Como Funciona?

O PEP é um parcelamento muito simples. Basta você se inscrever no vestibular da universidade e estudar para garantir uma boa pontuação. Se tudo correr bem, o processo de adesão ao PEP acontece diretamente na universidade; você não precisa ter conta em banco e nem precisa arcar com nenhum tipo de juros.

O melhor é que o PEP não exige nem a nota do ENEM: você só precisa ser aprovado na universidade. É claro que, se você quiser, pode levar a sua nota do ENEM para completar a nota do vestibular.

PEP – Como se Inscrever?

A contratação do PEP é muito fácil. Tudo começa na inscrição do vestibular. Após efetuá-la, você deve começar a estudar e aparecer no dia marcado para realizar a prova. Depois, é necessário aguardar a divulgação do resultado. Se você for aprovado, dirija-se até a universidade com todos os seus documentos e, no momento da matrícula, informe o seu desejo de aderir ao PEP.

A própria instituição irá comandar o processo que levará apenas alguns minutos. Você sairá da universidade matriculada e poderá pagar até 70% do curso depois de estar formado.

PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

PEP – Qual a diferença do PEP e do FIES?

Muitas pessoas confundem ambos, mas o PEP, muito diferente do FIES, é um parcelamento e não um financiamento.

O PEP não exige nota do ENEM, enquanto o FIES exige que o candidato tire no mínimo 450 pontos; além disso, com o PEP você não precisa ter conta em banco, não precisa arcar com juros e você efetua o pagamento do curso apenas depois de já estar formado, durante o mesmo tempo de duração do seu curso.

Saiba mais Informações, acesse: Veja como Emitir o Boleto de Habitação

Tudo isso faz do PEP a opção ideal para você que deseja entrar no ensino superior da melhor maneira possível. Acesse http://www.parceleafaculdade.com.br/ e confira todas as informações.

 

 

 

 

Recomendados para você: