Programa Minha Casa Minha Vida SP

O Programa Minha Casa Minha Vida São Paulo por intermédio da COHAB tem como objetivo proporcionar moradia digna a famílias que querem sair do alugue. Através do programa milhares de famílias conseguem financiar moradias em condições que cabem no seu orçamento. O financiamento é feito através da Caixa Federal para as famílias que ganham renda bruta de até R$ 5.000,00 (Cinco mil reais). No entanto o programa também atende famílias carentes com renda de até R$ 1,600 mil reais. Os imóveis podem ser financiados em até 30 anos facilitando o pagamento para essas famílias.

Moradia para todos através do programa Minha Casa Minha Vida SP

Moradia para todos através do programa Minha Casa Minha Vida SP (Foto: Divulgação)

Novas regras do Programa Minha Casa Minha Vida SP

Além da família possuir renda de até 3 salários mínimos é importante que atenda as seguintes exigências:

– Não possuir financiamento e imóveis no nome da pessoa que pretende se inscrever,

– Não ter utilizado o FGTS para financiamento de imóveis nos últimos 5 anos,

– Não pode possuir o nome no SPC ou SERASA.

Para quem mora em São Paulo e quer se cadastrar no programa Minha Casa Minha Vida deverá procurar a prefeitura do município onde mora para fazer sua inscrição e ficar atento às datas de cadastro e dos sorteios. Para maiores informações é só acessar o site do CDHU, responsável pelas inscrições do Programa na cidade de São Paulo http://www.cdhubrasil.com.br/. Os interessados em fazer o seu cadastro no CDHU deverão atender os requisitos necessários como:

– Ter renda entre 1 e 10 salários,

– Morar a pelo menos 3 anos na cidade ou o chefe de família tem que morar na cidade onde vai comprar o imóvel.

Minha Casa Minha Vida SP proporciona moradia para milhares de famílias

Minha Casa Minha Vida SP proporciona moradia para milhares de famílias (Foto: Divulgação)

Documentos para se cadastrar no Programa Minha Casa Minha Vida SP

Os interessados em fazer sua inscrição no Minha Casa Minha Vida São Paulo deverão estar munidos dos seguintes documentos:

– RG (identidade),

– CPF,

– Ficha de cadastro Habitacional:

– Holerite dos últimos 6 meses:

– Extrato recente do FGTS:

– Declaração de Imposto de Renda:

– Cópia Carteira de Trabalho;

– Certidão do Estado Civil;

– Comprovante de Despesas

Autônomos e Profissionais Liberais devem apresentar:

– Últimos seis extratos bancários

– Declaração do imposto de renda do último ano.

Fique atento as datas para fazer a inscrição e não perca essa oportunidade.

 

 

Recomendados para você: