Veja como Negociar Dívidas de Imóvel

Diante de um momento de dificuldades financeiras presente na maioria dos orçamentos dos brasileiros, é possível que ocorra uma situação de atraso no pagamento de financiamento de imóveis do programa Minha Casa Minha Vida.

Seja por motivo de descontrole, seja por falta de planejamento orçamentário da família ou por perda de emprego, o problema para quem investiu com o objetivo da realização do sonho da casa própria é que a inadimplência é uma das causas desse sonho tornar-se pesadelo, pois pode ocorrer o processo de execução da dívida caso haja atraso no pagamento de parcelas do financiamento superior a 30 dias e assim o imóvel ser retomado pela instituição financeira.

Saiba mais informações, acesse: Minha Casa Minha Vida Inscrições, Inscrição Minha Casa Minha Vida 2016

Veja como Negociar Dívidas de Imóvel

Facilidade no Pagamento

Negociar dívidas de imóvel com o banco é o primeiro passo

Caso esteja com o pagamento das parcelas atrasado, o melhor a fazer é procurar negociar a dívida com o banco de forma mais rápida possível a fim de evitar maiores dores de cabeça. Ambas as partes são interessadas na negociação, pois nem o comprador quer perder o valor gasto como a instituição financeira não quer deixar de contar com esse capital para realizar investimentos.

Saiba mais informações, acesse: Como Financiar uma Casa pelo Minha Casa Minha Vida ?

Em alguns casos, os financiadores concedem descontos em juros e podem parcelar a dívida atrasada a fim de que o comprador possa cumprir com o acordo. Essa negociação é importante para que a dívida não fique ainda maior e insustentável no futuro e deve ser realizada de maneira organizada e planejada para que não venha a acontecer novamente.

Portabilidade de crédito imobiliário também pode ser a sua solução

Uma possibilidade aberta no ano de 2014 foi a portabilidade de crédito imobiliário onde o comprador, tomando conhecimento de que outra instituição financeira oferece taxas mais atraentes ao mercado do que a instituição atual do contrato, pode fazer a migração de sua dívida para o outro banco. A portabilidade não pode ser recusada pelo banco atual estando livremente o cliente para escolher para onde deseja migrar sua dívida.

Abater Dívida com o FGTS

Uma opção para aliviar o débito, ou até mesmo quitá-lo, é utilizar o saldo de FGTS. Existem duas modalidades de abatimento usando o FGTS. Na primeira, o cliente possuidor do saldo do Fundo Garantidor escolhe abater no saldo devedor, que é o débito total do imóvel.

Minha Casa Minha vida

Minha Casa Minha vida (imagem: divulgação)

Nessa modalidade as parcelas serão recalculadas, ficarão menores e o cliente utilizará menos saldo de poupança para pagar as parcelas em atraso, pois o prazo continuará o mesmo, mas o saldo devedor será menor. É importante saber que a utilização de FGTS só pode acontecer a cada dois anos.

Na segunda modalidade o cliente pode optar por pagar as parcelas em débito com o banco. Com isso as parcelas atuais permanecerão as mesmas, assim como o prazo de financiamento do imóvel.

 

 

Recomendados para você: