1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Como implantar um gramado?

Ter um gramado em casa é o sonho de muitas pessoas. Essa área verde pode ser usada para diversos fins, como realizar churrascos, piqueniques, praticar esportes, ter horas de lazer com a família ou somente ser um atrativo para quem gosta de áreas verdes e de natureza.

Poucos sabem que é possível implantar um gramado em casa, mas para isso é preciso estar atento a algumas informações sobre as gramas, além de saber o que deve ser evitado. Se você ficou interessado, poderá conferir a seguir todas as informações que temos sobre implantar um gramado.

Detalhes sobre as gramas

Há alguns detalhes sobre as gramas que devem ser levados em conta por quem deseja implantar um gramado em casa. Por exemplo, elas são espécies vegetais que adoram o sol e por isso devem ficar em áreas abertas, pois isso ajudará no seu cuidado e as manterá bem verdes.

implantar um gramado

implantar um gramado. Imagem:divulgação

No entanto, há algumas espécies que podem ser cultivadas em locais semi-sombreados, mas tenha a consciência de que não ficaram tão bonitas quando gramas que pegam sol com mais frequência. Além do mais, as gramas não podem ser cultivadas em locais com muita umidade, pois se isso acontecer, elas acabarão crescendo em um tamanho desigual e correrão maior risco de ser atacadas por pragas.

O que evitar na hora de implantar um gramado

Há algumas coisas que devem ser evitadas na hora de implantar um gramado, entre elas está o ato de colocar terra vegetal no solo. A terra vegetal não será capaz de conceder às raízes das gramas todos os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento, além de trazer consigo algumas ervas daninhas, por isso evite-as.

Você também deve evitar usar ureia para efetuar a adubação, pois essa substância é rica em nitrogênio que acabará causando o estiolamento da grama, gerando perda de beleza e vigor do gramado. Outro erro comum é cortar a grama rente ao solo e isso acaba impedindo que a grama realize sua própria fotossíntese e isso pode gerar o surgimento de ervas daninhas. Esquecer de fazer a aeração do solo também é um erro, pois esse é um ato que ajuda a melhorar a qualidade do solo, por isso sempre faça.

O que é preciso para implantar um gramado

Para implantar um gramado você deverá medir a área em que ficará a espécime vegetal. Você mesmo pode fazer usando uma fita métrica e assim já economizará os gastos com uma empresa apenas para a medição. Pesquise também sobre o tipo de solo no local, a fertilidade, o clima que predomina o ambiente, assim como definir um objetivo para a implantação do gramado. Isso lhe ajudará a definir qual tipo de grama irá ser implantada, pois cada tipo de gramínea se adapta a condições diferentes.

implantar um gramado

implantar um gramado. Imagem:divulgação

Leve os dados para laboratórios de análises de solos, pois eles lhe darão dicas de quais tratamentos devem ser realizados para que o solo fique o mais propício para o plantio.

Implantando um gramado

Você deverá corrigir a fertilidade e o pH do solo, de acordo com as instruções do laboratório. A calagem também deve ser feita e, preferencialmente com 3 meses de antecedência. Você ainda poderá decidir se a irrigação será automática ou não, mas sempre leve em conta que um sistema automático pode não ser muito barato. Depois você poderá escolher a grama que se adapta ao seu solo.

Você ainda deve investir em drenar as áreas empoçadas ou extremamente úmidas na região em que a grama ficará. Essas e demais dicas podem ser dadas também por um agrônomo que tenha conhecimento no assunto.

Recomendados para você: