Construtoras Minha Casa Minha Vida

Anúncios

O Minha Casa Minha Vida é o programa do Governo Federal que beneficia famílias de baixa renda com moradias populares a preço baixo. Através do programa essas famílias podem sair do aluguel e obter a casa própria, pagando um financiamento mais barato e de acordo com a renda familiar. O programa cresceu muito nos últimos anos e com a grande demanda o Governo Federal tem que contratar cada vez mais construtoras para construir todas as moradias necessárias.

Saber quais são as principais construtoras parceiras do programa pode te ajudar na hora de escolher o seu imóvel e também o local onde deseja comprá-lo. Todas as construtoras parceiras possuem seus projetos avaliados pela Caixa, para que ofereça segurança a todos os futuros moradores.

O Minha Casa Minha Vida é o programa que beneficia famílias de baixa renda com moradias populares. (Imagem: Divulgação)
Anúncios
O Minha Casa Minha Vida é o programa que beneficia famílias de baixa renda com moradias populares. (Imagem: Divulgação)

Construtoras do Minha Casa Minha Vida

O Brasil possui inúmeras construtoras boas, mas nem todas são parceiras do programa. Para se tornarem parceiras, o primeiro passo é apresentar seus projetos para as superintendências regionais da Caixa, banco responsável pelos financiamentos. Todos esses projetos passam por uma análise do banco e caso sejam aprovados, a construtora é contratada e passa a ser uma parceira oficial.

Depois disso a construtora pode iniciar suas obras, sempre sendo acompanhada pela Caixa. O banco fica responsável por liberar os recursos conforme o andamento da obra até a finalização da mesma. Com o empreendimento pronto, a Caixa começa a efetuar os financiamentos para todas as famílias selecionadas no programa.

Como Participar do Minha Casa Minha Vida

Se você ficou interessado no programa e deseja participar, há duas maneiras: a primeira delas é ir até a prefeitura local e a segunda é se dirigir até a Caixa. Na primeira opção é preciso preencher os seguintes requisitos: renda de até R$1,8 mil, responsável familiar ser de preferência mulher, não ter sido beneficiado anteriormente com programas desse tipo. Já na segunda opção a renda deve ser maior que R$1,8 mil e menor que R$6,5 mil, além de preencher os demais requisitos mencionados.

Através do programa essas famílias podem sair do aluguel e obter a casa própria. (Imagem: Divulgação)
Através do programa essas famílias podem sair do aluguel e obter a casa própria. (Imagem: Divulgação)

Quem se enquadrar nos primeiros requisitos pode concorrer a uma moradia popular, basta o responsável familiar reunir todos os documentos da família e leva-los na prefeitura local para o cadastro. Esse cadastro pode ser feito somente no período de inscrição. Depois disso a família deve aguardar o sorteio e, se for selecionada, receberá uma carta-convite em sua casa. Quem se enquadrar nos outros requisitos deve ir com seus documentos até uma agência da Caixa para contratar o melhor financiamento.

Condições do Minha Casa Minha Vida

O programa oferece ótimas condições para todas as famílias, de acordo com sua respectiva renda. Por exemplo, as mensalidades nunca podem ser maior do que 30% da renda familiar. Além disso, as taxas de juros variam de família para família: quanto menor sua renda, menor será a taxa.

A Caixa oferece até 35 anos para quitar o saldo devedor e ainda é possível usar os recursos do FGTS no pagamento. Tudo é oferecido com muita facilidade e praticidade para que você possa obter a casa própria por um preço bem mais acessível.

A Caixa oferece até 35 anos para quitar o saldo devedor e ainda é possível usar os recursos do FGTS no pagamento. (Imagem: Divulgação)
A Caixa oferece até 35 anos para quitar o saldo devedor e ainda é possível usar os recursos do FGTS no pagamento. (Imagem: Divulgação)

Sorteios Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida realiza dois sorteios em cada edição: o primeiro para definir as famílias beneficiadas e o segundo para definir qual moradia vai para cada família. No segundo sorteio alguns responsáveis familiar são chamados para testemunhar e no final, recebem a chave da moradia para que possam visitá-la.

Em ambos os casos a família recebe uma carta-convite em casa, por isso é fundamental ficar de olho nos Correios para não perder a chance. O responsável familiar que não comparecer no primeiro sorteio perde a vaga.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post

Habitação Faz Rodada de Apresentações sobre as Novas Regras do MCMV

Next Post

Financiamento Casa Paulista