1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Inscrições e Sorteios Minha Casa Minha Vida Rio Grande do Norte 2018

Você quer ganhar uma casa para chamar de sua? Então você deve participar do Minha Casa Minha Vida, um programa federal brasileiro criado especialmente para auxiliar famílias de baixa renda que moram em situações deploráveis e querem sair do aluguel. Para tornar possível o financiamento da casa própria, o governo oferece às famílias uma parcela que não é maior do que 30% da renda bruta familiar mensal, além da possibilidade de usar o FGTS e quitar todo saldo devedor em até 35 anos.

Dessa forma, todos podem participar, obterem a casa própria e quitarem o financiamento. As casas populares sorteadas possuem um custo baixo, fazendo com que o financiamento não seja caro e caiba no bolso de qualquer um. Veja, a seguir, como você, morador do Rio Grande do Norte, pode participar.

Veja quem pode participar do Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é um programa destinado principalmente às famílias de baixa renda que se encaixam na faixa 1 do programa. Sendo assim, é preciso ter uma renda familiar de até R$1.800,00 mil por mês para poder se inscrever. O governo brasileiro também exige que as famílias inscritas no MCMV, possuam um cadastro no CadÚnico, um sistema que reúne informações sobre todas as famílias de baixa renda do país.

É possível se cadastrar no CadÚnico em qualquer época do ano, por isso se a sua família ainda não possui o cadastro, se dirija até a prefeitura de sua cidade e realize-o. Os requisitos não param por aí: também é exigido que a família não possua nenhum imóvel em seu nome e nunca tenha sido beneficiada por outro programa habitacional.

Vantagens do Minha Casa Minha Vida

O programa fornece vários benefícios e vantagens para as famílias que preenchem todos os requisitos. Como a sua renda é baixa, o programa não irá lhe impor uma parcela que pode lhe causar dívidas ou acabar comprometendo o pagamento de outras contas e até a compra de comida para pôr na mesa.

Todas as parcelas são compatíveis com a renda familiar e, caso a família ainda assim passe por dificuldades, pode ir até a CAIXA para renegociar o financiamento e o seu valor. Com a possibilidade de usar o FGTS, a família pode usar os recursos para diminuir o valor do saldo devedor, diminuindo assim o valor de cada parcela.

Documentos para inscrição no Minha Casa Minha Vida

Quando você ou o responsável familiar for inscrever sua família no programa é essencial ter uma série de documentos em mãos. Esses documentos devem ser entregues para análise no setor responsável pelo programa. Você deve apresentar somente as cópias dos seguintes documentos: RG, CPF, Comprovante de Renda, Carteira de Trabalho, Certidão de Nascimento ou Casamento.

Inscrição Minha Casa Minha Vida

As inscrições para o programa devem iniciar em breve na região, por isso fique atento aos jornais impressos e digitais, pois é onde você encontrará todos os detalhes. Efetue a inscrição no prazo e entregue todos os documentos.

 

Recomendados para você: