Minha Casa Minha Vida ganha novas regras e fica mais acessível

Minha casa minha vida
Minha casa minha vida
Anúncios

O programa Minha Casa Minha Vida mudou e agora traz ainda mais vantagens aos brasileiros. Desde sua criação diversas melhorias foram sendo feitas e atualmente há uma ampla lista de pessoas já beneficiadas e que desejam participar do programa. Mesmo com o país em crise o MCMV não parou de entregar moradias e com muito esforço diversos empreendimentos foram concluídos.

Para 2017 e os próximos anos ainda mais pessoas poderão ser beneficiadas, segundo as novas regras do programa. Uma das mudanças possibilita que mais imóveis agora se enquadrem no financiamento e mais pessoas possam contratar.

Minha Casa Minha Vida
Anúncios
Minha Casa Minha Vida

Principais mudanças do Minha Casa Minha Vida 2017

Diversas mudanças para o Minha Casa Minha Vida foram anunciadas este ano, com o intuito de beneficiar ainda mais pessoas, entregar moradias e possibilitar que todos tenham acesso a casa própria. As mudanças envolveram ajustes nas faixas de renda, aumento no valor dos subsídios e até mesmo novas regras para a contratação na faixa 1, voltada para famílias de baixa renda.

O principal objetivo dessas mudanças é facilitar a aquisição da casa própria e entregar mais de 600 mil unidades somente este ano.

Veja as mudanças do Minha Casa Minha Vida

As principais mudanças são referentes às faixas de renda: para se enquadrar na faixa 1,5 as famílias precisam ter uma renda de até R$2,6 mil, que antes era de R$2.350. Na faixa 2 agora o limite passou de R$3,6 mil para R$4 mil. A faixa 3 agora possui um limite de R$9 mil, possibilitando que mais famílias possam participar e se encaixar nos requisitos para aquisição do imóvel.

O reajuste nas faixas de renda irá possibilitar que um número maior de casas sejam financiadas: o subsídio aumentou de R$225 mil a R$240 mil em estados como São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal.

Mudanças para a faixa 1 de renda

A faixa 1 de renda, cujo limite é de até R$1,8 mil, é voltada para as famílias de baixa renda que concorrem às casas populares. Este ano também houve mudanças em relação a essa faixa: a partir de agora os sorteios poderão acontecer também em municípios de até 50 mil habitantes, o que antes não era possível.

Agora as famílias com crianças diagnosticas com microcefalia ganham prioridade máxima e são dispensadas da participação dos sorteios. Há também prioridade para famílias que residem em áreas de risco ou insalubres.

Minha Casa Minha Vida
Minha Casa Minha Vida

Como participar do Minha Casa Minha Vida

Para se inscrever você deve ir até a prefeitura de sua cidade, caso pertença à faixa 1, ou até uma agência da CAIXA Econômica Federal, caso se encaixe nas demais faixas de renda. Leve todos os seus documentos pessoais, assim como aqueles que comprovam a sua capacidade de pagamento.

Devemos ressaltar que as inscrições para a faixa 1 de renda acontecem em determinadas épocas do ano, por isso é fundamental comparecer na prefeitura somente quando as oportunidades estiverem disponíveis. Fique de olho nos jornais e sites de sua cidade.

 

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Previous Post
Minha Casa Minha Vida

Várzea Grande recebe 1,2 mil moradias do Minha Casa Minha Vida

Next Post
Onde fazer o cartão reforma

Cartão reforma saiba como funciona !

Related Posts