1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

Moradores do Rio Grande do Sul também podem se beneficiar com o programa Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019! Esse projeto, foi criado pelo governo federal para viabilizar o sonho da casa própria para famílias de baixa renda.

Que aproveitar essa chance e garantir sua inscrição no maior programa habitacional do Brasil? Não deixe de conhecer como é feito o cadastro, quais são os requisitos necessários e a documentação!

Inscrição – Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

As inscrições para o Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019 acontecem diretamente na prefeitura da capital gaúcha. É preciso estar munido de sua documentação própria e, além disso, não ter participado de nenhum outro programa habitacional municipal, estadual ou federal, e nem ter imóvel próprio em seu nome.

Além disso, funcionários da Caixa Econômica Federal também são impedidos de fazer o requerimento de um imóvel no programa.

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2016 e 2017

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2016 e 2017

Você deve ser brasileiro nato ou estrangeiro com o visto legal de permanência no Brasil, ter mais de 18 anos de idade e ainda contar com uma renda familiar de até R$ 5 mil para solicitar o seu cadastro no Minha Casa Minha Vida Porto Alegre.

Onde Ir – Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

Se você quer ter um imóvel popular em seu nome e mora em Porto Alegre, RS, como falamos, poderá se dirigir à prefeitura. O ideal é procurar o órgão responsável pela habitação do município, pois é nele que você terá informações mais precisas.

Esse órgão em Porto Alegre é o DEMHAB (Departamento Municipal de Habitação). Se você está interessado em fazer um cadastro, pode entrar em contato através dos seguintes telefones: 3289-7293, 3289-7294, 3289-7295 e 3289-7296.

Quem está à procura de um imóvel novo, já pronto ou na planta, ou quer construir um, deve procurar uma agência da Caixa Econômica Federal mais próxima e levar a documentação necessária para ser feita a análise de seu caso e também para dar entrada em um financiamento pelo Minha Casa Minha Vida. Nesse caso, os imóveis não serão populares.

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2016 e 2017

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019. Imagem: divulgação

Renda – Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

A renda é um dos pré-requisitos para quem quer uma casa popular financiada pelo Minha Casa Minha Vida Porto Alegre e também para quem deseja um imóvel novo. As regras são as seguintes:

Quem tem renda bruta familiar de até R$ 1.600 pode conseguir financiamento para um imóvel popular, podendo ser casa ou apartamento. Fazendo o cadastro nesta modalidade, o imóvel poderá ser pago em até 120 parcelas de um valor que dê para a pessoa pagar todos os meses.

O valor de cada prestação deverá equivaler até 5% da renda familiar total, mas nunca menos que R$ 25. Nesse caso, o contrato é feito preferencialmente em nome da mulher.

Pessoas que têm renda familiar bruta entre R$ 1.601 até R$ 5.000 conseguem fazer um financiamento para imóvel novo, que esteja em construção ou na planta. Desta forma, o imóvel financiado poderá ser quitado em até 30 anos. As parcelas mensais deverão ter valor equivalente a 30% da renda bruta familiar descrita no cadastro.

O Minha Casa Minha Vida Porto Alegre dá a possibilidade, ao fazer um financiamento, de ter o próprio imóvel como garantia, podendo ser reavido pelo governo, em caso de inadimplência.

Documentos Necessários – Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

Ao se dirigir no órgão responsável por habitação de Porto Alegre, ou seja, o DEMHAB, que fica na Prefeitura do município, ou à agência da Caixa Econômica Federal, você precisará estar munido de uma lista de documentos. Só assim conseguirá entrar com o pedido de um financiamento pelo Minha Casa Minha Vida.

Veja só a documentação que você precisará levar:

RG (identidade);

CPF;

Cadastro Habitacional, ficha de cadastro;

Comprovante de renda dos últimos 6 meses;

Extrato do FGTS, atualizado;

Imposto de Renda;

Carteira de Trabalho, xerox;

Estado Civil, certidão se necessário;

Comprovante de despesas, agua, luz, aluguel, escola…

No caso de autônomos, também precisará de:

Extrato bancário dos últimos 6 meses.

Declaração do imposto de renda do período anterior.

Expectativas – Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019

Para o ano de 2019, o programa Minha Casa Minha Vida deverá receber investimentos para continuar beneficiando a vida de milhares de brasileiros. Estima-se cerca de R$ 1,168 bilhão, que será utilizado principalmente para construir residências populares – casas ou apartamentos – para famílias com rendimento mensal de até R$ 1,6 mil.

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2016 e 2017

Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019. Imagem: divulgação

Vale lembrar que o programa Minha Casa Minha Vida Porto Alegre dispõe de formatos e taxas diferentes de acordo com a faixa de renda comprovada pelo candidato. Ao ser concluído o financiamento, o sistema de amortização será constante, significando que as parcelas serão decrescentes.

Se você está dentro das características exigidas para solicitar este benefício, não perca sua chance! Confira de perto as oportunidades que o Minha Casa Minha Vida Porto Alegre 2019 disponibiliza através das prefeituras e secretarias de habitação, para construção e venda de empreendimentos populares!

Recomendados para você: